PREFEITO DE PALMAS: No twitter, Carlos Amastha se posiciona sobre o processo de impeachment de Dilma: “não podemos sair cassando presidentes sem crime comprovado”

Por: @eduardoazev

Em uma conversa pelo twitter na manhã desta segunda-feira, 18 de abril, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), foi questionado sobre sua posição em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

“E o prefeito que até dezembro era contra impeachment, encontrou com o Ataídes (Senador do Tocantins) e agora pede renúncia”, twittou o advogado Gustavo Chaves.

Em resposta, o gestor respondeu: “Gustavo, leia meus posts. Não coloque palavras na minha boca”.

Retrucado sobre a participação do PSDB no Executivo palmense e, possivelmente sobre a participação do partido na chapa do prefeito, pré-candidato a reeleição nas próximas eleições, o advogado disse ter deduzido esse posicionamento do prefeito.

“Estas imaginando coisas. Não podemos sair cassando presidentes sem crime comprovado. Temos que aprender a votar. Quem cassa é o povo”, afirmou Amastha encerrando a conversa.

Posteriormente, em uma nova postagem, o prefeito complementou o seu posicionamento sobre o processo de impeachment.

“Queria um brasileiro dizer que ficou orgulhoso vendo aquele Eduardo Cunha presidindo a sessão de ontem. 54 milhões elegeram, um bandido tirou”, postou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s