VISITE O TOCANTINS: 7 dicas para quem quer conhecer a Lagoa do Japonês

Por: Eduardo Azevedo

 

Quem ainda não visitou a Lagoa do Japonês, no município de Pindorama – TO, não sabe o que está perdendo.

No último sábado, dia 09 de julho, organizamos uma viagem para o município sem conhecer estradas, moradores, a cidade…

No entanto, não nos arrependemos do que encontramos por lá. Para ajudar quem pretende visitar a Lagoa, listamos aqui algumas dicas que podem facilitar a sua viagem.

1º Veículo

Fomos em veículo Pegeout 208, motor 1.5, baixo (ver imagem abaixo), e em cinco pessoas que pesam em media 70kg cada uma. A viagem foi tranquila. Com cuidado – principalmente na estrada de chão – dá para chegar tranquilamente ao destino final em um carro como este. Aconselhamos também a abastecer em Palmas. Em Pindorama o preço da gasolina está R$ 4,50. Um tanque cheio deste veículo (55L) deu para ir até a Lagoa e voltar à Capital.

P.s.: um carro maior, tipo caminhonete, facilitaria sua viagem COM CERTEZA.

2 - FOTO
Seu carro não vai voltar branco desse jeito – Imagem: Reprodução/Web

2ª – Trajeto

Entramos no Google Maps para ver qual o trajeto mais próximo para a cidade de Pindorama. O informado por ele é a rodovia que passa por Porto Nacional. A estrada até certo ponto é boa, mas há um trecho de chão, antes de chegar a Pindorama, que nos fez perder praticamente 1h30 de viagem. Na volta, moradores nos aconselharam a ir pela cidade de Ponte Alta do Tocantins. Detalhe: esse trajeto não aparece de forma clara pelo Google Maps. Esse trecho sem sombra de dúvidas é muito melhor. Além de a estrada ser toda asfaltada – de Pindorama a Palmas – ainda pudemos conhecer de vista a praia de Ponte Alta, a cidade de Santa Tereza, o distrito de Buritirana e a famosa Cachoeira do Evilson, em Taquaruçu.

Portanto o melhor trajeto é: Palmas > Taquaralto > Taquaruçu > Buritirana > Santa Teresa > Ponte Alta > Pindorama. Tudo isso – da Av. Palmas Brasil, em Palmas, até Pindorama – deu 204km.

Segue o trajeto:

Trajeto até pindorama
Estrada de Palmas até Pindorama – Imagem: Reprodução/Google Maps

3ª Estrada de Pindorama até a cachoeira

De Pindorama até a Lagoa do Japonês são 32 km, que fizemos em 1h de carro. Não há praticamente nenhuma informação em placas sobre como chegar até lá. Como sempre, tivemos que perguntar para várias pessoas até chegar ao local. A melhor dica é: no posto da cidade pergunte como chegar até a Lagoa. Provavelmente eles apontarão o dedo (literalmente) informando o lugar correto. Da saída da cidade você pode contar 3 pontes. Após a terceira, entre na 1ª entrada à esquerda. Em km deu entre 18 a 19 km da cidade até a porteira que dá acesso à Lagoa. “Entrou para dentro” é só andar mais 12km. Você encontrará mais a frente uma casa e lá eles te informarão que a distância daquele ponto até a Lagoa é de 7 km. Em seguida, há outra residência (só aqui você encontra a primeira placa informando “Lagoa do Japonês”), uma casa de apoio ao turista, onde todas as dúvidas podem ser esclarecidas. Detalhe: não paga nada para entrar.

4ª – O Local e as Comidas

Ao chegar à Lagoa você se deparará com essa imagem:

2 - FOTO
Local onde as pessoas acampam – Imagem: Phylipe Augusto

Por isso é bom levar redes, algo para forrar o chão, como se fossem fazer um piquenique. Fomos em um sábado, por isso já havia algumas pessoas (por volta de 30) no local – acredito que tenham pernoitado. Como a viagem é um pouco cansativa, nos arrependemos de não estarmos preparados para dormir. Entretanto, informamos a quem quiser ir e voltar no mesmo dia, que dá tranquilamente, basta apenas sair bem cedo de casa. Levamos frutas, carne, uma churrasqueira, água, sucos, um tecido tipo TNT para forrar o chão, e nos alimentamos bem no local.

5º – O que faltou na nossa viagem

Vimos de tudo um pouco obsevando as outras pessoas que também estavam no local. Como foi a nossa primeira vez na lagoa, sentimos falta de algumas coisas que elas usavam e que poderiam melhorar ainda mais a nossa visita. Segue a lista:

– Colchão inflável, para usar na lagoa

– Óculos de mergulho

– Uma Câmera que tire foto dentro d’água e/ou uma proteção para o celular fazer isso

– “Boias Macarrão” e/ou outros tipos de boias para nadar em toda a Lagoa

– Redes

– Baralho

– Proteção para os pés (esse é indispensável e você vai entender melhor o porquê na dica n° 6)

– Mais amigos ❤

6º Detalhes

  • A água é cristalina. Dá para ver TUDO. Entretanto, as pedras imersas são extramente cortantes (MUITO MEEEESMO). Seria bom levar algum tipo de proteção para o pé, quando for entrar na Lagoa. Depois que descobrimos o quanto elas cortavam entramos de havaianas, para amenizar a dor…
  • A parte mais interna da Lagoa, próxima do paredão mostrado na foto de capa dessa matéria, é bem funda. Quem não sabe nadar é bom não esquecer a boia, senão perderá boa parte da vista maravilhosa da Lagoa.
  • A água é super gostosa. Não é fria como a das cachoeiras de Taquaruçu.
  • Não pega celular na Lagoa.

7º Gastos

Com gasolina, alimentação e tudo o que levamos gastamos a quantia de R$ 71,50 para cada uma das cinco pessoas que foram para a Lagoa. Barato né?

Confira nas imagens algumas das fotos que fizemos da Lagoa, feitas com um celular:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Anúncios

36 comentários em “VISITE O TOCANTINS: 7 dicas para quem quer conhecer a Lagoa do Japonês

  1. Olá… estávamos lá no mesmo dia que vc. Adoramos o local, mas infelizmente tive que trocar o cárter do meu carro. Enfim eu não voltaria em carro normal tipo sedam. Mas o lugar é realmente maravilhoso… fora os dez cortes nos pés rsrsr

    1. pode ate ir em carro baixo nesses locais mais no minimo precisa ter a proteção do cárter que é conhecido por peito de aço ou protetor de cárter mesmo. custa em torno de R$ 150,00

  2. Uma dúvida: é um local apropriado pra levar crianças? Estava pensando em ir, mas pelas dicas das pedras cortantes e profundidade da lagoa, fiquei com receio.

    1. Oi Luciana. O clima lá, pelo menos no dia em que fomos, era bem família. Várias crianças, todas com as boias debaixo dos braços. Vale a pena levá-las, elas vão adorar… mas claro, quando se fala em criança, cuidado nunca é demais.

  3. Voce acha que é seguro levar crianças de 2 e 4 anos? Pois estou querendo ir ja algum tempo, mas fico insegura de ir com meus filhos em um lugar desconhecido assim.

  4. Eduardo, algumas duvidas. Existem restaurantes no caminho pra lagoa, ou hoteis? Na casa de apoio aos turistas encontra banheiro cozinha ou voces cozinhavam na propria area do acampamento?

  5. Eduardo, quanto tempo no total voces fizeram de viagem? Na casa de apoio ao turista tem cozinha banheiro e etc q podem ser utilizados ou voces cozinharam no lugar de acampar mesmo? Tem restaurantes indo pra lagoa?

  6. Parabéns eduardo de informar com detalhes, estás dicas são perfeitas, vou visitar a lagoa e estava preocupado com estradas e como é lá , voltei a pouco do jalapão e se eu tivesse informações como a sua teria aproveitado muito mais.
    Obrigado e parabéns novamente

  7. A lagoa está fechada para visitação… Perdemos viagem indo até lá só para dar de cara com uma porteira trancada com cadeado. Segundo locais a previsão para reabertura é em outubro…

  8. Não pergunte pro pessoal do posto de gasolina. Pra mim ele falou: pode pegar a estrada de chão e seguir reto, não tem erro, a estrada de chão acaba lá, é só 18km. Mentira, tem várias entradas, tivemos que para várias vezes pra pedir informação.

  9. Informativo sobre a Lagoa do Japonês: os proprietários da fazenda onde se localiza a lagoa, comunicam que a mesma encontra-se fechada por tempo indeterminado. A lagoa está com o acesso trancado, assim pedem a colaboração, para que não entrem no local sem autorização, evitando maiores transtornos para todas as partes.

    1. Ouvi dizer que estão cobrando para ter acesso a lagoa, alguém que tenha ido lá recente sabe me informar, ou se tem algum telefone para mais informações?

      1. Não. A lagoa está fechada! Sem permissão de acesso nela, seja pago ou não. Digo-lhe isso porque meu esposo que é o responsável por zelar do lugar, e a pedido dos proprietários, temos a seguinte informação: “Os proprietários da Lagoa do Japonês informam que ela encontra-se fechada por tempo indeterminado. A lagoa está fechada desde o mês de setembro a pedido do Naturatins, placas foram instaladas em sua entrada, informando sobre o seu fechamento. Apesar de todas as informações e dos cadeados, foi constatado o arrombamento dos colchetes da entrada da lagoa, assim sendo ressaltamos que a entrada em uma propriedade privada e trancada sem a permissão dos donos é crime, podendo gerar processo e até mesmo prisão se caso pego em flagrante. Pedimos a colaboração de todos para que evitem a entrada indevida no local, evitando maiores transtornos para ambas as partes.
        Lembrando: está proibido a entrada na lagoa!!!”

  10. Gostaria de saber se está funcionando já? Pois estava interditado, não sei o motivo… Quero muito ir, mais preciso ter certeza que está tudo OK

  11. Ola boa noite, houvi relatos que na lagoa do japonês a presença marcante de cobras sucuri, elas adoram esse tipo de ambiente, o cuidado com as crianças deve ser redobrado. Esse tipo de serpente quase NUNCA ataca a especie humana, sendo que o maior predador do animal e o bixo homem…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s