LEVANTAMENTO: Entre públicas e privadas, CEULP/ULBRA de Palmas será a primeira e única universidade do Tocantins a cobrar estacionamento

Por: Eduardo Azevedo

O Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA) será a primeira e única instituição universitária do Tocantins a instalar um sistema de estacionamento pago. Foi o que mostrou um levantamento feito pelo Blog Eduardo Azevedo nos últimos dias, que envolveu as unidades de ensino superior – públicas e privadas – do Estado.

De acordo com a Assessoria de Comunicação do CEULP/ULBRA a cobrança do estacionamento começará a partir da próxima segunda-feira, dia 1º de agosto.

Para realizar o levantamento, a reportagem entrou em contato com instituições universitárias, acadêmicos de algumas unidades e também com moradores de determinados municípios, para questionar se nas localidades havia algum tipo de cobrança feita aos motoristas, caso optassem por estacionar nas universidades locais.

O resultado pode ser conferido na tabela abaixo:

UNIVERSIDADES – TOCANTINS

INSTITUIÇÃO TIPO COBRA ESTACIONAMENTO?
1 CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS – CEULP/ULBRA PRIVADA SIM – A PARTIR DE 1º DE AGOSTO
2 FACULDADE DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E LETRAS DE PARAÍSO – FECIPAR PRIVADA NÃO
3 FACULDADE DE PALMAS – FAPAL PRIVADA NÃO
4 FACULDADE SERRA DO CARMO – PALMAS PRIVADA NÃO
5 IFTO – ARAGUAÍNA PÚBLICA NÃO
6 IFTO – ARAGUATINS PÚBLICA NÃO
7 IFTO – COLINAS PÚBLICA NÃO
8 IFTO – DIANÓPOLIS PÚBLICA NÃO
9 IFTO – FORMOSO DO ARAGUAIA PÚBLICA NÃO
10 IFTO – GURUPI PÚBLICA NÃO
11 IFTO – LAGOA DA CONFUSÃO PÚBLICA NÃO
12 IFTO – PALMAS PÚBLICA NÃO
13 IFTO – PARAÍSO DO TOCANTINS PÚBLICA NÃO
14 IFTO – PEDRO AFONSO PÚBLICA NÃO
15 IFTO – PORTO NACIONAL PÚBLICA NÃO
16 ITOP – PALMAS PRIVADA NÃO
17 ITPAC – ARAGUAÍNA PRIVADA NÃO
18 ITPAC – PORTO PRIVADA NÃO
19 UFT – ARAGUAÍNA PÚBLICA NÃO
20 UFT – ARRAIAS PÚBLICA NÃO
21 UFT – MIRACEMA PÚBLICA NÃO
22 UFT – MIRACEMA PÚBLICA NÃO
23 UFT – PALMAS PÚBLICA NÃO
24 UFT – PORTO NACIONAL PÚBLICA NÃO
25 UFT – TOCANTINÓPOLIS PÚBLICA NÃO
26 UNIRG – GURUPI PÚBLICA/PRIVADA NÃO
27 UNITINS – ARAGUATINS PÚBLICA NÃO
28 UNITINS – AUGUSTINÓPOLIS PÚBLICA NÃO
29 UNITINS – DIANÓPOLIS PÚBLICA NÃO
30 UNITINS – PALMAS PÚBLICA NÃO
31 UNIVERSIDADE CATÓLICA DO TOCANTINS – PALMAS PRIVADA NÃO
32 UNIVERSIDADE CATÓLICA DOM ORIONE – ARAGUAÍNA PRIVADA NÃO

O caso já havia sido repercutido em uma reportagem feita pelo Blog no início de julho.  Os valores que serão cobrados podem chegar a R$ 60,00 para donos de carros e R$ 40,00 para motociclistas, que queiram pagar mensalmente o estacionamento. Já a hora e o turno serão cobrados, respectivamente, os valores de R$ 2,00 e R$ 5,00.

Conforme o site do CEULP/ULBRA o Diretório Central de Estudantes é o órgão de representação estudantil, que oferece serviços de assistência ao aluno. Até o fechamento da matéria a reportagem não havia conseguido o contato de um representante para saber se haverá algum tipo de manifestação a favor dos acadêmicos. O espaço se mantém aberto.

UNIVERSIDADE

O Blog Eduardo Azevedo entrou em contato na tarde desta quinta-feira, 28 de julho, com a Assessoria de Comunicação da instituição para saber os motivos da implantação do estacionamento pago.

A reportagem foi informada, conforme uma nota divulgada pelo CEULP/ULBRA em seu Portal no dia 06 de junho de 2016, que “conforme relatório da pesquisa de Avaliação Institucional, a maior incidência de reclamações foi e continua sendo a situação do estacionamento”.

De acordo com a nota, a partir desta análise foi orçado valores para que uma empresa terceirizada pudesse realizar o serviço de segurança, revitalização e ampliação do estacionamento dentro da instituição.

“Todavia, os custos orçados foram altíssimos. Como nosso objetivo, na condição de instituição, é o Ensino, Pesquisa e Extensão, e em definição junto a mantenedora, optamos por terceirizar o estacionamento interno do CEULP/ULBRA, visto que a reforma em si não resolveria os problemas. Além disso, o valor que gastaríamos na reforma do estacionamento poderia ser direcionado para o atendimento da necessidade de todos, como a melhoria e a ampliação do Campus, especialmente ao considerar que o estacionamento, hoje, atende a 35% da comunidade acadêmica”, diz a nota.

Ao citar vantagens que serão obtidas com a implantação do estacionamento pago, a instituição reforçou ainda que a empresa responsável “revitalizará todo o asfalto, demarcará as vagas, colocará sistema de câmeras de filmagem, controle de entrada, segurança e etc. atendendo, assim, todas as reclamações trazidas pelos usuários do estacionamento”.

A nota do CEULP/ULBRA na íntegra, você pode conferir clicando AQUI.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s